Links Especiais:

Chopard L.U.C. 150 “All in One”

  • Publicado segunda-feira, 24 de maio de 2010

Para celebrar seus 150 anos, a Chopard apresenta, dentro de sua coleção L.U.C, duas das principais complicações da arte relojoeira: a Equação do Tempo e o Calendário Perpétuo, que representam a imagem mecânica do fabuloso balé dos astros. Adornada por um tourbillon, esta complexa obra-prima, marcada com o prestigiado certificado Geneva Hallmark, será produzida em uma edição estritamente limitada.

O Chopard L.U.C. 150 funciona ao ritmo do novo calibre L.U.C 4TQE de corda manual, totalmente concebido, desenvolvido e produzido na Manufatura Chopard. Este relógio, uma peça extraordinária, é o ápice do excepcional trabalho realizado pela Chopard desde sua criação em 1996.

Qualificado com o certificado COSC, o calibre L.U.C 4TQE conta com reserva de corda de 7 dias e apresenta as indicações de horas, minutos e um pequeno ponteiro dos segundos sobre o tourbillon (na posição 6 horas). Além disso, apresenta um calendário perpétuo com indicação de 24 horas, dia da semana (na posição 9 horas), data, mês, ano bissexto (na posição 3 horas), reserva de marcha, indicação de 24 horas, equação do tempo, hora do amanhecer, hora do anoitecer e fases da lua. O calibre L.U.C 4TQE possui 516 componentes e 42 rubis, e se move a uma frequencia de 28.800 alternâncias/hora.

Uma complicação extraordinária, a equação do tempo calcula a diferença entre a verdadeira hora solar (a da natureza) e a hora solar média (ou hora civil). A Terra, quando gira ao redor do sol, na realidade descreve uma trajetória elíptica e, além disso, seu eixo está inclinado em relação ao plano do Equador. Como consequência, o intervalo de tempo entre duas passagens do sol pelo ponto culminante no céu (meio-dia) não tem a mesma duração ao longo de todo o ano. Somente dura exatamente 24 horas por quatro vezes ao ano (15 de abril, 14 de junho, 1º de setembro e 24 de dezembro). Durante o resto do ano, este lapso de tempo é maior ou menor. A diferença entre a verdadeira hora solar e a hora solar média, que pode variar de menos 16 minutos e 23 segundos em 4 de novembro, a mais 14 minutos e 22 segundos em 11 de fevereiro, se chama equação do tempo. A indicação desta diferença entre a hora “natural” e a hora “oficial” é uma das complicações incluídas novo modelo L.U.C 150 “all in one”.

Produzida em ouro branco ou rosa de 18 quilates e impermeável a 30 metros, a caixa do modelo L.U.C 150 “all in one” tem um diâmetro de 46 mm, e adota o novo estilo dos modelos L.U.C complicados que foram apresentados por ocasião do aniversário de 150 anos da marca. O acabamento acetinado vertical e os cantos polidos fazem parte desta renovação, bem como os ponteiros de novo formato, as novas fontes dos caracteres e os números romanos de novo desenho que realçam o mostrador.

O mostrador do verso do relógio, sobre uma placa de ouro gravada em guilloché, indica a equação do tempo, a reserva de marcha, o dia/noite em 24 horas, o amanhecer, o anoitecer e a fase da lua orbital astronômica. Todos estes dados revelam a imagem real do balé dos astros, calibrado no céu de Genebra, e sua tradução mecânica.

O novo L.U.C 150 “all in one” conta com uma pulseira de crocodilo semi-brilhante com fecho de ouro e logotipo Chopard.

Edição limitada a 15 exemplares em ouro branco (ref. 161925-1001), 15 exemplares em ouro rosa (ref. 161925-5001) e 15 exemplares em ouro branco com aro de diamantes em corte baguette (ref. 171925-1001).

Chopard L.U.C 150 “all in one” – a consolidação da competência.

Preço: estimado em US$ 90.000 (sem impostos e frete)

Para maiores informações sobre o Chopard L.U.C 150, visite o site: www.chopard.com

Assista no vídeo abaixo às primeiras imagens do Chopard L.U.C. 150 “all in one”