Links Especiais:

Cuvée Belle Epoque 2002, by Perrier-Jouët

  • Publicado domingo, 4 de abril de 2010

A Perrier-Jouët está lançando o Cuvée Belle Epoque 2002, a primeira safra do novo milênio.

Para celebrar o lançamento da safra inaugural do século XXI, a Perrier-Jouët abriu as portas de suas caves para uma degustação exclusiva, uma experiência única vivenciada pelos 10 maiores experts em vinhos e champagne do mundo.

Estes admiradores tão experientes degustaram cada uma das 20 safras mais importantes da adega Perrier-Jouët, desde a mais antiga champagne produzida, a Perrier-Jouët 1825, até o Cuvée Belle Epoque 2002.

Foi um evento fechado que aconteceu no começo deste ano e destacou o estilo e a consistência desta maison e da excelência de sua arte ao longo dos últimos dois séculos.

Ao comentar sobre a recente safra, o mestre de caves Hervé Deschamps disse: “O Cuvée Belle Epoque 2002 é intenso e ao mesmo tempo delicado, com um refinado equilíbrio de corpo e acidez. É o máximo do charme e da elegância, refletindo a combinação perfeita das uvas Chardonnay de Cramant com as Pinot Noir de Mailly, que tornaram-se gradualmente as marcas registradas desta maison“.

A Perrier-Jouët sempre procura refletir a estética e arte de sua maison para seus champagnes. A garrafa do Cuvée Belle Epoque foi produzida e originalmente desenhada por Emile Galle, durante o século XIX, época em que a Perrier-Jouët se fixou em Epernay, como uma homenagem a Galle e a outros artistas da Art Noveau.

Este ano, para celebrar o lançamento do Cuvée Belle Epoque 2002, a Perrier-Jouët embarcou em uma criativa colaboração com a fotógrafa japonesa de arte Makiko Takehara. Ela interpretou as vintes lendárias safras de Perrier-Jouët, desde a Perrier-Jouët 1825, incluindo o Cuvée Belle Epoque 2002. As composições de Makiko Takehara ofereceram uma perspectiva artística singular de cada safra, transformando a champagne em um objeto de arte.

As séries de fotografias foram montadas em um livro de edição limitada, “The Art of Vintage”, ou “A Arte das Safras”, que foi reservado e distribuído aos clientes especiais da Perrier-Jouët.

Para a campanha publicitária, a grife apresentou a interpretação moderna de uma musa, a embaixatriz que representa todo o prestígio do Cuvée Belle Epoque 2002: Rie Rasmussen, o anjo do filme de Luc Besson ‘Angel-A’, atriz, fotógrafa e diretora de cinema, é a protagonista das campanhas da Perrier-Jouët.

Criativa, sorridente e com um toque extravagante, a musa da Belle Epoque tem seu rosto mostrado como um prisma dentro das lindas garrafas verdes deste cuvée. Fotografada por Ben Hassett, Rie descobriu sua alma e mostrou toda a sensualidade feminina expressa pelo champagne.

Ao revelar esta nova personalidade, a Perrier-Jouët mais uma vez ecoa o dito de Oscar Wilde: “Beauty is a form of genius”, ou melhor, “a beleza é uma espécie de gênio”.

Preço (sem impostos e frete): US$ 200, garrafa standard (750 ml)

Para maiores informações, visite o site: www.perrier-jouet.com

Assista ao vídeo institucional abaixo, com o lançamento do primeiro cuvée deste milênio: o Cuvée Belle Epoque 2002