Links Especiais:

Turntable Numark, LP com som digital

  • Publicado terça-feira, 29 de junho de 2010

Se você nasceu durante ou após a década de 90, pode ser que não tenha a menor idéia do que vamos tratar nesta matéria, afinal, vinil, LP e turntables são as ‘coisas dos coroas’, que só seus pais ou avós dominam. Você nasceu em um mundo digital, dos CDs, MP3 players, que baixa músicas na internet, e talvez nunca tenha visto um long play de perto.

Mas lembre-se que, da mesma forma que acontece com os carros e com a moda, quando o assunto é música, os revivals também podem existir. E assim, a indústria musical torna seus olhos para trás, em pleno século XXI, revivendo os LPs e turntables, para o deleite dos audiófilos e entusiastas de mídias mais puras e fiéis.

Prova disso é que a indústria do vinil está voltando com força total. No Brasil, a Polysom prevê a fabricação mensal de 40.000 discos por mês e vai atender a todas as gravadoras. Nos Estados Unidos, em 2009, as vendas de discos de vinil aumentaram 50% em relação ao ano anterior, de acordo com dados divulgados pela Soundscan. Segundo a empresa, até o final de 2009 foram vendidos 2,8 milhões de LPs no país, a marca mais alta desde que a Soundscan passou a acompanhar o setor, em 1991.

Pensando neste mercado, seja para atender os puristas ou mesmo para os fanáticos por música digital, a Numark oferece o toca discos TTXUSB.

O Numark TTXUSB é um toca discos extremamente moderno e que, conectado a um receiver, é capaz de reproduzir todas as frequências e sons dos vinis, com toda a fidelidade e a profundidade característica desse tipo de mídia tão apreciado até os dias de hoje. Além disso, o TTXUSB conta com movimento direct drive e reproduz discos gravados em 33, 45 e 78 RPM.

Para os clientes que desejarem converter seus vinis para arquivos digitais, o TTXUSB conta com o software EZ Converter que, através de uma conexão USB, transfere o sinal do LP direto para a biblioteca do iTunes®, com todo o espectro de frequências, exclusivo do LP.

Sobre os LPs: o disco de vinil, conhecido simplesmente como vinil, ou ainda Long Play (LP) foi uma mídia desenvolvida no início da década de 1950 para a reprodução musical, que usava um tipo de plástico chamado vinil, um material muito delicado, onde qualquer arranhão poderia tornar-se uma falha e comprometer a qualidade sonora. Os discos de vinil precisam de limpeza constante e devem ser guardados sempre na posição vertical e dentro de sua capa. A poeira é um dos piores inimigos do vinil, pois funciona como um abrasivo, e pode danificar tanto o disco como a agulha.

Em 1979, foi inventado o CD, ou Compact Disc, que passou a ser comercializado a partir de 1982. Desde então, o CD prometeu maior capacidade, durabilidade e clareza sonora, sem chiados, fazendo os discos de vinil serem considerados obsoletos… Será?

Preço: US$ 630 (sem impostos e frete)

Para conhecer mais detalhes do toca discos Numark TTXUSB, visite o site: www.numark.com

Assista nos vídeos abaixo, ao processo de fabricação de um LP – Parte I:

Parte II: