Links Especiais:

Moto MV Agusta Brutale 1090RR

  • Publicado sexta-feira, 12 de março de 2010

A MV Agusta é uma fabricante de motocicletas fundada em 1945, perto de Milão em Cascina Costa, na Itália. A empresa começou como uma ramificação da empresa de aviação Agusta, fundada pelo Conde Giovanni Agusta em 1923. O conde Agusta morreu em 1927, deixando a empresa nas mãos de sua esposa e dos filhos Domenico, Vincenzo, Mario e Corrado.

No final da Segunda Guerra Mundial, Vincenzo e seu irmão Domenico fundaram a MV Agusta (o MV significa Meccanica Verghera) como um meio para salvar os empregos dos trabalhadores da empresa Agusta de aviação e também para suprir a necessidade de transporte barato e eficiente no pós-guerra. A empresa, durante as décadas de 50 e 60, fabricava motos de pequena cilindrada e também as motocicletas estilo Café Racer, principalmente com 125 e 150 cc. No fim da década de 60, as vendas de motos pequenas diminuíram e a MV Agusta começou a produzir motores maiores, porém em poucas quantidades. Posteriormente, começaram a ser produzidos motores com 250 cc e, mais tarde, um bicilíndrico de 350 cc também foi introduzido. Depois, vieram os motores de 600 cc de quatro cilindros, as históricas motos de 750 cc (extremamente valiosas até os dias de hoje) e outros motores mais potentes, até chegar aos de 1090 cc.

A nova MV Agusta Brutale 1090RR foi apresentada à imprensa especializada no mês de fevereiro de 2010, na linda cidade italiana de Misano, no Autódromo de Santamonica, a 2 km do Mar Adriático. Um belíssimo cenário para a apresentação de duas motos espetaculares: Brutale 990R e Brutale 1090RR.

A 1090RR, versão máxima da linha Brutale, é uma motocicleta de aparência extremamente agressiva, muito potente, mas dócil de ser conduzida se o acelerador for tratado com suavidade. Um motor idealizado para dar a máxima satisfação para aqueles que procuram não apenas uma máquina, mas também charme, elegância e desempenho esportivo. Os 38 títulos mundiais e 37 campeonatos de pilotos conquistados na história da marca MV Agusta estão refletidos neste projeto, especialmente na nova linha de montagem “Made in MV”, ou seja, um projeto criado e desenvolvido em casa na sua quase totalidade.

Os modelos da linha Brutale sempre foram conhecidos pelas reações brutais sentidas pelos pilotos, como o próprio nome sugere. Acelerações e frenagens eram extremamente agressivas e a condução exigia experiência e cuidado.

Porém, algumas voltas com a nova Brutale 1090RR pelas estradas e vilarejos ao redor de Misano foram suficientes para perceber que algo mudou. O novo modelo está mais confortável e sofisticado, um pouco mais suave, porém ainda muito rápido. E este comportamento educado nunca foi característica das Brutales, a exemplo da última versão lançada em 2008, a 1078RR, com 154 cv.

A nova Brutale está em um caminho diferente. Há pouco mais de um ano sob o comando da Harley-Davidson, a MV Agusta decidiu que ao invés de acrescentar força bruta, deveria fazer uma moto mais refinada e fácil de ser conduzida.

O novo modelo conta com novos faróis com lentes poli-elipsoidais, duas fileiras horizontais de LEDs para a função de luzes de circulação diurna e novos piscas nos espelhos retrovisores, também com LEDs. Outras mudanças incluem um painel de instrumentos redesenhado, grandes entradas de ar nas laterais do tanque e farol traseiro integrado na rabeta. O assento também foi redesenhado para melhor conforto num percurso de longa distância.

A Brutale 1090RR 2010 traz novo chassi feito de tubos de cromo-molibdênio e chapas de alumínio. Um sistema integrado com injeção eletrônica e acelerador proporcionam ao piloto escolher uma curva de potência mais suave para uso em pistas molhadas. Aliado a isso, há um controle de tração para alta velocidade e está pronto um pacote expressivo de melhorias eletrônicas.

Hoje a Brutale 1090RR tem 144,2 cv de potência a 10.300 giros, câmbio de 6 marchas e atinge 265 km/h. Não ficou mais fraca com relação à anterior, ficou mais civilizada. É muito veloz e ágil, e pode ser pilotada com muito mais segurança. Continua sendo um foguete, mas o condutor não precisa mais ser um profissional. Uma moto que amadureceu.

Preço: US$ 25.000 (sem impostos e frete)

Para conhecer melhor a MV Agusta Brutale 1090RR 2010, visite o site: www.mvagusta.it

Assista abaixo ao vídeo oficial do lançamento da linha MV Agusta 2010