Links Especiais:

Ducati Superbike 1198 R Corse Special Edition

  • Publicado quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

A linha Ducati Superbike, desenhada, projetada e construída em Bolonha, na Itália, sempre representou o auge da tecnologia das motocicletas da marca. Para a Ducati, competir e ganhar são um estilo de vida e uma forma de pensar tanto para desenhistas como para engenheiros e técnicos.

As vitórias no Mundial de Pilotos e no Mundial de Construtores de 2009 coincidem com a apresentação do novo logotipo Ducati Corse e da Superbike 1198 R Corse Special Edition.

O “R” significa que ela é uma moto de corrida (race). Se fossemos comparar com um carro, seria um Porsche GT3 RS ou uma Ferrari 430 Scuderia. Uma máquina que pode andar nas ruas, mas nasceu para as pistas. Suas especificações e equipamentos, aliados aos componentes eletrônicos e chassi de competição, proporcionam um nível de desempenho que atende aos requisitos de qualquer traçado. Quem a tem, entende de motos de alta performance. Nas pistas, a 1198 R exige do piloto um nível mais alto de habilidade.

Os motores que equipam as Ducati Superbikes são os mais avançados e mais potentes já construídos pela marca. Eles são o produto de uma equipe de designers e engenheiros que combinaram as tecnologias das corridas de MotoGP e do Mundial de Superbike, e criaram as melhores motos do mundo. O incrível motor Testastretta Evoluzione de 2 cilindros em “L”, feito de titânio, com 180 cv, alcança sua máxima potência aos 9.750 rpm.

A Ducati possui um sistema chamado Desmodromics, fruto de uma idéia brilhante e simples. Nas motos comuns, o comando de válvulas abre a válvula e ela se fecha pela ação de uma mola. Porém, em altas rotações, as válvulas não têm tempo de se fechar acompanhando a pressão das molas, o que prejudica o funcionamento correto. No sistema Desmodromics, o mesmo movimento do comando de válvulas, tanto abre quanto fecha a válvula, fazendo com que o desempenho do motor seja constante e perfeito.

Apenas a Ducati 1198 R utiliza embreagem multi-discos a seco, com um sistema que reduz possíveis desestabilizações em fortes reduções de marchas. Apoiada sobre um chassi Trellis, que pesa apenas 164 kg, a 1198 R está equipada com a tração Ducati Corse, famosa por suas vitórias nos mundiais de MotoGP.

Parar a moto é responsabilidade de potentíssimos freios Brembo com pinças monobloco – feitas em apenas uma peça. Suas rodas muito leves reduzem a inércia, favorecendo mudanças de direção muito mais rápidas e seguras, melhorando a aceleração e a frenagem. Por esse motivo, a 1198 R usa rodas pretas de 7 raios da Marchesini, montadas em pneus Pirelli Diablo Supercorsa SC – 120/70 ZR17 na dianteira e 190/55 ZR17 para a traseira.

Sua suspensão traseira conta com a mais nova tecnologia da Öhlins, a renomada TTXR que possui amortecedores de ajuste totalmente independente, que usam a experiência da MotoGP, para minimizar o atrito e reduzir o risco de cavitação sob condições extremas.

A altura da traseira pode ser ajustada, bem como outros parâmetros da suspensão, independente da pré-carga da mola, o que permite personalizar perfeitamente seu estilo de pilotagem de acordo com a condição da pista.

Preço: US$ 50.000 (sem impostos e frete)

Para maiores informações, visite o site do fabricante: www.ducati.com