Links Especiais:

Bugatti Veyron 16.4 Grand Sport

  • Publicado sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Não bastasse ter criado o carro mais rápido do mundo, a Bugatti ainda preparou uma versão conversível de seu roadster, um modelo realmente exclusivo – o Bugatti Veyron 16.4 Grand Sport.

Entre as novidades estão o para-brisa um pouco mais alto e as luzes de circulação diurna, que foram introduzidas nos faróis. Outro componente que merece destaque é a capota rígida removível, feita em policarbonato, transparente ao centro e pintada nas laterais, que recobre o cockpit sem bloquear as enormes entradas de ar do motor. Caso o proprietário saia, deixando o teto rígido em casa, e precise se proteger de uma chuva inesperada, um soft top (capota em tecido), armazenado no porta malas, pode ser aberto como um guarda-chuvas. Com o soft top instalado, a velocidade máxima é limitada a apenas 130 km/h. Entretanto, o Grand Sport pode atingir 360 km/h se estiver sem o teto rígido, além de alcançar a marca de 407 km/h com o teto de policarbonato.

Quando o assunto é o motor, seus valores são impressionantes e reais. São 16 cilindros em ‘W’, 4 turbos, 8 litros, 1001 cv a 6.000 rpm, 1.250 Nm de torque a 5.500 rpm, câmbio de 7 marchas com dupla embreagem e tração integral. Mais alguns dados surpreendentes – para andar a 250 km/h, o Grand Sport utiliza apenas 270 a 280 cv. Isso significa que mais de 700 cv continuam em standby, aguardando uma rápida intervenção. Em outras palavras, andando na faixa dos 1.000 rpm, o Veyron tem 730 Nm de torque disponível. A curva de torque ainda oferece 1.250 Nm entre 2.200 e 5.500 rpm, basta encostar o pé no acelerador.

Para atingir a velocidade máxima, não basta apenas acelerar. É preciso seguir um procedimento. Deve-se encaixar uma chave especial em um slot na porta do motorista. Feito isso, os difusores e o aerofólio traseiro se fecham, e todo o carro é rebaixado para reduzir ao máximo o centro de gravidade. Agora sim, o super roadster pode passar dos 400 km/h… Só mais uma advertência – a esta velocidade, os pneus só agüentam por 15 minutos, tempo que não seria atingido, pois o tanque de 100 litros esgota-se em 12 minutos.

O Grand Sport é verdadeiramente uma obra de arte, com produção limitada a 150 exemplares. As 50 primeiras unidades foram entregues a clientes Bugatti já registrados.

Preço: US$ 2 milhões (sem impostos e frete)

Para maiores informações, visite o site: www.bugatti.com

Redação Blog do Luxo – Todos os direitos reservados

Assista no vídeo abaixo a um review do Bugatti Veyron 16.4 Grand Sport, feito pela CAR Magazine britânica